DebysGirl Blog

Just another WordPress.com weblog

Archive for julho \29\UTC 2009

Profissionalismo & Sociabilidade X Realidade & Vontade

Posted by dealalves em julho 29, 2009

Quando eu estava no primeiro ano da facul tinha aula de sociologia. Nunca me esqueço de quando a querida prof. Neusa (linda, loura, elegantérrima, super chique, super boa professora e inteligente pacas) nos explicou que o que faz com que o ser humano viva em sociedade são as regras e para se adequar a essas regras a humanidade toda teve que durante anos ir dominando o instinto selvagem que existe dentro de cada um de nós para se adaptar ao “padrão”.

Na época eu achava que “ok!! isso era válido para a época das cavernas nehh!! ou durante a idade média, etc.”

No entanto diante de uma situação que tenho vivido ultimamente pude constatar que isso realmente é a mais pura verdade e que essa dominação e imposição de um “padrão” de comportamento e imagem tem aumentado durante os anos e que hoje a dominação e imposição de padrões tem uma pressão psicológica enorme e massacrante nas nossas vidas.

Aceitamos ser tratados e passar por situações que literalmente esmagam, suprimem, reduzem a nada a nossa essência como pessoa.

Em um ambiente de trabalho por exemplo eu nem consigo me lembrar da última vez que dei uma opinião sincera sobre algo ou que fiz algo que realmente me realizou.

A gente suprime as nossas vontades, o que realmente pensa e aceita como as coisas são conduzidas para não fugir do “padão”, para não ser taxado como não-profissional, infantil e etc.

Hoje a realidade é que parece que somos “escravos” do emprego, do dinheiro, onde fica aquela idéia que “somos donos da nossa própria força de trabalho”??

Quando eu observo pessoas que se destacaram e são referência, não vejo um reflexo do “padrão” que querem que a gente siga, mas sim pessoas que disseram BASTA a tudo isso, seguiram seus instintos, assumiram suas personalidades, vontades e criaram a sua própria realidade.

Talvez seja isso que falte em mim ou em todos nós que não estamos felizes com a situação que estamos vivendo, tomar uma decisão, ter coragem, apostar em si mesmo, correr o risco e criar sua nova realidade.

Cada dia mais acredito na filosofia que DEPENDE DE NÓS, os nosso pensamentos fazem as nossas atitudes e as nossas atitudes dizem quem nós somos. Mude sua mente e você poderá mudar a sua situação também.

Alguém aí se identifica com esse pensamento?? Tem alguma sugestão de por onde começar??

Posted in Vida | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

De Volta Para o Futuro

Posted by dealalves em julho 28, 2009

Post excelentes do Superempreendedores!!! Vale a pena ler e pensar no que estamos fazendo da vida viu!!

De Volta Para o Futuro

Shared via AddThis

Posted in Carreira, Vida | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Resenha Tchaikovsky Concerto Violino

Posted by dealalves em julho 26, 2009

Acabei de escutar o CD do Joshua Bell concertos de Tchaikovsky para violino…

Capa CD Joshua Bell Concerto para Violino de Tchaikovsky

Capa CD Joshua Bell Concerto para Violino de Tchaikovsky

Lançado pela Grammophon em 2005, mas que eu só vim conhecer agora graças a esse super blog de música clássica da Grammophon!!!

Vou começar falando um pouco sobre o Tchaikovsky…

Tchaikovsky

Tchaikovsky

Ele foi um compositor romântico russo. Porém suas obras tinham muita influência ocidental. Tchaikovsky escrevia confortavelmente óperas, sinfonias, concertos e obras para piano. Ele estudou música quando era criança mas depois pela influência da família acabou cursando Direito mas, após a morte da mãe decide se dedicar integralmente a carreira musical estudando por 3 anos no conservatório de São Petersburgo. Depois de algum tempo ele é apresentado por um amigo a baronesa Nadyezhda von Meck que se converte em sua “patrocinadora”, patrocínio este que durou 14 anos e guardou Tchaikovsky de muitas dificuldades financeiras…

Em 1876, ele se torna o coreógrafo do Tetro de Bolshoi e é quando ele cria o ballet O Lago dos Cisnes. Em 1877 para fugir de suas tedências homossexuais ele se casa com uma aluna, porém esse casamento se converte em mais um problema pois em nenhum momento durante suas vidas ela demonstra interesse por seu trabalho artístico. Devido a todos os desgostos da vida ele morre relativamente novo aos 53 anos.

Este CD traz o concerto de Tchaikovsky para violino em D Maior Op 35, este concerto é considerado um dos mais belos da história para este instrumento. As demais músicas são músicas que não pertencem a sinfonia ou concerto, somente pequenas peças… tem o Op 42 Souvenir d’un lieu cher, Vln., Piano parte 1 e a segunda Op 20 3º ato do Ballet do Lago dos Cisnes.

Seguem um exemplo de execução das peças para gente se deliciar….

Agora vamos falar um pouco sobre o Joshua Bell….

Joshua Bell

Joshua Bell

Começou a estudar violino com 4 anos mas viveu uma vida normal. Com 14 anos despontou como solista da Orquestra da Filadélfia, estreou em 1985 depois gravou a trilha sonora do filme O Violino Vermelho, após adquirir tanto sucesso arrematou um Stradivarius pela bagatela de 4 MILHÕES de dólares…. hahahahaha!!!! Hoje além de gravar seus CDs e se apresentar com as melhores orquestras do mundo Joshua dá aulas na Royal Academy of Music e também em outro lugar super humilde… o MIT….

Agora vou falar um pouco sobre o selo Grammophon…

Selo Deutsche Grammophon

Selo Deutsche Grammophon

Deutsche Grammophon é o nome de uma importante gravadora de música clássica, com sede em Hamburgo, Alemanha. O selo foi de propriedade da gravadora Polygram. A atual distribuidora dos discos da Deutsche Grammophon é a Universal Music.

 Ai gente, nem preciso dizer que o CD é maravilhoso nehh!!!

Quando eu fico mto tempo assim, sem escutar música clássica, ainda mais nesse nível parece que meus ouvidos fica tapados tipo surdos. Tenho que escutar o CD várias vezes para aos poucos ir melhorando sabe… para perceber a riqueza do arranjo, o tema e suas variações, as linhas melódicas, as técnicas, para depois ver a interpretação, o sentimento que o autor e o intérprete quer passar sabe, para só depois… escutar só pelo prazer sabe…
 
 
Houve um tempo em que eu escutava música clássica direto, era como se fosse uma necessidade… e toca horas e horas por dia e era tão feliz… preciso muito resgatar tudo isso…
 
 
Vamos a análise do primeiro movimento do concerto, vale ressaltar que eu não sou nenhuma expert gente…
 
 
Primeiro movimento Allegro Moderato, entram somente as cordas com o oboé respondendo, e vai seguindo num crescendo maravilhoso e depois diminuendo, até que entra o violino sono em uma cadência bem lenta sabe…. as notas se desfazendo no final e ai começa o tema, tocado bem pianinho, somente com alguns crescendos bem sutis, e ai algumas variações com técnicas de arco de stacatto, e depois joguinhos com as cordas duplas que eu adoro, volta ao tema, depois alguns arpejos e escalinhas até que entra a orquestra respondendo num crescendo um pouco abrupto e forte.
 
 
Continua alguns arpejos para cair em uma variação do tema bem melancólica com bastante sentimento tudo isso numa intensidade normal sem muitas dinâmicas até que repete o tema mas na área grave com resposta de algumas madeiras e depois com acompanhamento dos violinos e ai começa outro crescendo com resposta das flautas, escalinhas bem pianinho, depois respostinhas da orquestra e depois acompanhamento suave.
 
 
Ele faz muitos arpejos nas áreas bem agudas, até termina e a orquestra entra bem triunfante no tema, tocado pelas codas é claro bem majestoso sabe até que vai diminuendo e fica somente o oboé, a flautinha, talvez a clarineta (não sei dizer) em respostinhas e contrapontos… entram as cordar num crescendo e ai entra o violino solo de novo com o tema em cordas duplas e tecnicas de arco. Em nenhum o violino fica gritante sabe, tocando o tema em toda altura, parece que o Tchaikovsky deseja muito mais explorar a capacidade do excutor com as dinâmicas e as tecnicas do que em reforçar e repetir dizersas vezes o tema sabe…. ele explora a delicadeza a parte mais sentimental do violino, é realmente uma peça maravilhosa!!!
 
 
As notas agudas (harmonicas) são todas muito suaves porém super rápidas sabe… explora também muitas vezes as cordas duplas tanto nas regiões graves quanto nas agudas, e as cadências sempre terminam com alguma notinha em suspenso sabe… dando a impressão que está tudo flutuando, essa é a deixa para a transição entre arpejos e varições do tema e respostinhas etc, muitos trinados com crescendo e diminuendo e glissandos entre eles e entre as notas das melodias também. As madeiras são sempre bem suaves com o som bem vazado, afinado preenchendo mesmo.
 
 
No final deste movimento o solista toca o tema com bastante sentimento sabe, preenchendo bem com os vibratos e a orquestra participa mais com as respostinhas, e as vezes dando peso somente em algumas notas, ele toca uma sequência meio que de ansiedade sabe, depois se acalma e vai para a área grave crescendo, indo para a média depois para a aguda, volta a ansiedade, respostas rapidas da orquestra que entra com basnte peso, as cordas tocando forte, uma percusão para dar um peso até que termina bem grave!!!
 
 
Gente, olha quanta coisa para a gente perceber, estudar, entender, e ao mesmo tempo uma música tão envolvente, com tanto sentimento, simplesmente maravilhoso!!!!

Posted in Música Clássica - Violino | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Hello world!

Posted by dealalves em julho 26, 2009

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »