DebysGirl Blog

Just another WordPress.com weblog

Posts Tagged ‘Mudança’

Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus

Posted by dealalves em fevereiro 9, 2010

Dias atrás eu fiquei muito frustrada com a minha transferência de atividades. Eu executava um trabalho bem focado em análise e agora fui transferida para executar um trabalho 100% operacional, bem de robozinho mesmo.

Eu chorei, reclamei, fiquei triste, fiquei com raiva, senti vontade de jogar tudo pro alto, me senti lesada, passada para trás, injustiçada na verdade.

Mas na verdade não joguei nada pro alto, não posso fazer isso de jeito nenhum. Tenho contas, compromissos para arcar além de um dinheirinho bom de FGTS, então… a não ser que eu consiga algo mto melhor não vou pedir as contas. Ai entra aquela historia neh… que o compromisso e as responsabilidades seguram o impeto da pessoa, que os compromissos que você assume te seguram no lugar e te impedem, ás vezes, de fazer alguma loucura…

Uma vez que não há como desfazer essa mudança, restou a mim me adaptar, certo??

E olha que… apesar de todos os contras… está sendo ótimo estar nessa função… não trabalho mais de fim de semana, aliás… sábado passado foi fechamento e mew… tipo assim nem lembrei…rsrsrsrs Nesse trabalho eu não preciso pensar, somente ser ágil e não deixar as coisas acumularem, não tenho dor de cabeça, consigo estudar, conversar com o pessoal, e o melhor de tudo…. ninguém me cobra!!!

Lógico que eu continuo pensando em ter outra coisa pra minha vida… ainda tenho sonhos… mas é que as vezes, você quer tanto uma coisa, e tenta tanto e não consegue, frustações começam a se acumular e sei lá… muitas vezes penso em desistir. Não é melhor você se conformar com o que você tem ou tentar outras formas de conseguir o que você quer do que continuar batendo na mesma tecla?? Não é melhor você fazer um serviço mediocre mas ter paz??

Ainda estou refletindo muito sobre tudo, tentando entender o que e pra que esta acontecendo tudo isso…

Mas fato é que se tudo isso aconteceu, Deus sabe!!! E apesar de tudo, estou em paz!!!

Anúncios

Posted in Aprendizado, Carreira, Vida | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

No oposto de um déjà vu

Posted by dealalves em dezembro 14, 2009

Ai gente, sei lá… mta coisa acontecendo na minha vida… tanta decepção e aquele sentimento de impotência diante da realidade… mew… aquela puta saudade da sua vida de antes, e da pessoa que você era… e de repente vc se pega procurando desesperadamente por alguém do seu passado que te faça lembrar, sentir e reviver aquilo de novo, porém o tempo passou e vc não percebeu… nada ficou no lugar, tudo mudou… ai vc pede aos céus que te enviem algo novo para acender a esperança da sua existência… será que vou ser atendida?? Nem eu mesma consio explicar o que tá rolando, sendo assim nada melhor que recolher ao super Lulu Santos que nessa canção tá falando tudo que se passa:

Sei lá…
Tem dias que a gente olha pra si
E se pergunta se é mesmo isso aí
Que a gente achou que ia ser
Quando a gente crescer
E nossa história de repente ficou
Alguma coisa que alguém inventou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um déjà vu

Sei lá…
Tem tanta coisa que a gente não diz
E se pergunta se anda feliz
Com o rumo que a vida tomou
No trabalho e no amor
Se a gente é dono do próprio nariz
Ou o espelho é que se transformou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um vis a vis

Por isso eu quero mais
Não dá pra ser depois
Do que ficou pra trás
Na hora que já é!

Posted in Desejos, Vida | Etiquetado: , , , , , , | Leave a Comment »

O Incomodismo é o seu Melhor Amigo

Posted by dealalves em outubro 1, 2009

O Incomodismo é o seu Melhor Amigo

Shared via AddThis

Posted in Aprendizado, Carreira, Dicas, Vida | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Alguma poesia

Posted by dealalves em setembro 28, 2009

Gente devo confessar um pecado que tenho certeza muitos vão achar inaceitável….

SUSPENSE

 

 

 

Não gosto de ler poesia!!

Sei lá, não é nenhum trauma, não acho chato, porém curto muito mais ler sobre coisas mais concretas sabe…

Porém como já escrevi antes, mesmo não concordando e agora adicionando… mesmo não gostando estou fazendo um super esforço para ler, porque quero ser mais culta, ok??!!

Pesquisei algo não tão antigueira para eu começar a ler e como que por pura sorte… estou lendo um livro do super Carlos Drummond de Andrade de título Alguma Poesia… coincidência neh??

Estou gostando graças a Deus!! E refletindo muito sabe… acho que essa é uma das grandes sacadas da poesia… a reflexão…

Vejam esse poema que legal:

A rua diferente

 

Na minha rua estão cortando árvores

botando trilhos

construindo casas.

 

Minha rua acordou mudada.

Os vizinhos não se conformam.

Eles não sabem que a vida

tem dessas exigências brutas.

 

Só minha filha goza o espetáculo

e se diverte com os andaimes,

a luz da solda autógena

e o cimento escorrendo nas fôrmas.

Curtinho, super simples, e todo um contexto da selva de pedra, do progresso, do mundo de concreto que a gente vive hoje e até no corte das árvores dá um gancho na questão ambiental…

Gente, estou curtindo, conforme for achando alguns interesantes coloco aqui com algumas opiniões para vocês lerem. Quem sabe não tem alguém na mesma situação que eu estava/estou ?? e precisa de um incentivo neh??

Posted in Carlos Drummond de Andrade, Livros | Etiquetado: , , , , , , , | Leave a Comment »

UP Altas Aventuras

Posted by dealalves em setembro 8, 2009

IMAG0270

 Ontem fui ao cinema ver a estréia de UP Altas Aventuras.

E gente, chorei o filme todo! Não sei se é porque estou meio sentimental, mas a estória é muito tocante.

Nos primeiros minutos é contada a história do Carl e da Ellie, como eles se conhecem e toda a história deles juntos, me identifiquei muito porque retrata exatamente como é a vida real de um casal sabe. a gente começa cheio de sonhos, faz planos, junta uma grana mas sempre algo acaba acontecendo e devido as necessidades da vida, a gente vai gastando aquele dinheiro e vivendo aquela vidinha normalzinha, e os nossos sonhos e objetivos vão ficando cada vez mais distantes…

up_10

up_9

Até que acontece a única coisa que temos certeza que vai acontecer nas nossas vidas: a morte.

A Ellie morre e o Carl vive uma vida totalmente monótona, sem sentido, uma vida sem vida na verdade. Enquanto isso o mundo muda e isso é outra coisa da qual temos a certeza, a mudança. Em volta da casa dele, surgem prédios e prédios e prédios… até que só sobra a casa dele. E um dia por causa de uma discussão, uma grande Cia consegue interditar o Carl e ele é obrigado a ir para um asilo.

Isso foi outra coisa que me tocou muito, como a velhice é tratada no filme, o Carl totamente no direito dele, porém super vulnerável aos interesses de uma grande Cia, sozinho sem ter quem o defenda, exatamente como os nossos idosos são tratados hoje, amontoados em asilos, longe das familias e esquecidos por nós…

Neste momento ele dá a vonta por cima e leva a casa dele embora voando com os balões, e que coisa saudosa esta, o Carl é vendedor de balões… quanto tempo faz que eu não vejo um vendedor de balões no parque…

up_7

E para surpresa dele o Russel (escoteirinho chatinho) acaba ficando na casa enquanto ela levantava voo.

E o Russel é outro personagem fantástico na estória… ele retrata totalmente a infância de hoje em dia, super assesorada em questão de grana e brinquedos caros porém totalmente carente de atenção dos pais, inocente e passivo diante das mudanças que ocorreram na sua vida como o divórcio dos pais, a docura dele em relação aos animais é tipo uma forma de ele mostrar como ele gostaria de ser tratado e cuidado.

O plano do Carl é levar a casa para as cachoeiras que a Ellie tanto queria conhecer desde criança, até chegar lá muita coisa acontece, o Carl se reconhece muitas vezes no Russel e se desapega da casa para poder salvá-lo e salvar também uma espécie de animal raro e tals…

No final dá tudo certo (claro!) o Carl fica sendo pai e melhor amigo do Russel.

O filme é excelente, a estória é cheia de sentimentos bons, sentimentos esses difíceis de vermos no nosso dia-a-dia, faz-nos pensar em nossa forma de agir, como estamos conduzindo a nossa vida…

E voltando ao início em que falei que conforme o tempo vai passando os nossos sonhos vão ficando distantes e tals… a Ellie tem um livro de memórias, dividido em 2 partes, as aventuras que ela viveu e as que ela ainda ia ter… o Carl sempre abre esse livro e vai até a parte em que está escrito: “O que ainda vou fazer… ” e nunca vai além disso… tem uma cena em que ele vai adiante e vê que na verdade a aventura da Ellie foi viver ao lado dele, tem fotos de cenas normais do dia-a-dia dos 2 com o passar dos anos e no final ela escreve: “Obrigada pela aventura de viver ao seu lado.”

Eu achei que ai está a grande lição do filme… mesmo a nossa vida esteja super distante dos nossos sonhos mais exóticos, extravagantes, ambiciosos, etc. todas as pessoas que conhecemos, nossos amigos, parentes, as coisas que fazemos são pequenos desafios, são aventuras diarias, tudo isso é tão precioso, tão único, cada momento, cada oportunidade nunca se repete! Por isso precisamos viver bem, ter coragem, perdoar, demonstrar o nosso amor, ser gentil, ser educados, se colocar no lugar das pessoas, por isso devemos ser pessoas boas para retrtibuir todo o bem e todo amor que de graça recebemos de Deus todos os dias que acordamos!

Tem um ditado muito verdadeiro que diz assim:

“Ontem é passado, amanha um mistério…hoje uma DADIVA…por isso se chama presente!”

Posted in Aprendizado, Dicas, Filmes, Vida | Etiquetado: , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Meia-boca nunca mais!!

Posted by dealalves em agosto 21, 2009

3635911909_2e8d7aa7ea

Decidi fazer uma coisa de cada vez e fazer as coisas bem-feitas!!

Meia-boca nunca mais!!

Estava tão preocupada e desesperada em dar conta de tudo, fazendo trilhões de coisas ao mesmo tempo e quando parei para pensar vi que ok!! estava tudo feito, encaminhado… porém tudo muito mal-feito…

A roupa que eu lavava não estava cheirosinha, a roupa que eu passava não estava sem nenhuma preguinha, a escova que eu fazia sempre ficava com algumas ondinhas nas partes mais difíceis, as planilhas que eu fazia não tinham requinte, não estavam bem organizadas, a comida estava feita mas não estava saborosa…

E esse “relaxo” inconsciente estava se alastrando das minhas obrigações para as coisas que eu realmente gosto de fazer, como escutar uma boa música sem prestar atenção na letra, nos acordes, ler um livro sem apreciar a leitura, sem tentar fazer as conexões com a minha realidade, sem tirar uma lição para mim, e assim seguia…

Almoçar correndo sem apreciar o sabor da comida, conversar com as pessoas sem prestar atenção no que elas estão falando porque você sempre está a pensar no que você vai fazer depois…

Então tomei essa resoução…

Meia-boca nunca mais!!!

Após umas semanas de tentativa, porque todos sabem que mudar hábitos não é fácil, volto para contar os sucessos e insucessos, ok??

Desejem-me sorte!!! 

Posted in Aprendizado, Vida | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

É necessário estar com o coração aberto…

Posted by dealalves em agosto 16, 2009

CORAO_~1

É necessário estar com o coração aberto para as pessoas.

É preciso dar a chance para a pessoa se mostrar quem realmente ela é.

Ás vezes podemos estar perdendo oportunidades ótimas, amizades maravilhosas, porque ficamos com o coração fechado e não nos permitimos criar laços.

Talvez porque já sofremos demais ou não queremos perder a nossa essência ou as nossas raízes…

Mas se você tiver um coração aberto, pode ter certeza que vai ter lugar nele para caber todo mundo!! Os antigos, os novos e ainda os estão para chegar!!

A mudança é inevitável, a forma como você se comporta diante dela é opcional.

Se eu tivesse pensado assim desde o começo tinha sofrido menos!!!

Posted in Vida | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

O passado nos chama…

Posted by dealalves em agosto 10, 2009

Sabe aquela sentimento que as vezes a gente tem de que as coisas não podem ficar piores do que já estão? Pois é… elas podem sempre piorar mais…

Sabe aquelas coisas que você passou, sofreu e chorou e você colocou no fundo de uma gaveta emperrada pra nunca mais abrir? Pois é… e se um dia você chegar em casa e as encontrar em cima do seu sofá?

Sabe aquelas situações que você passou porque não teve escolha, que te fizeram sofrer mais ao mesmo tempo crescer e aprender, mas que te deixaram marcas? E tipo assim, você já aprendeu o suficiente e se alguém te perguntar: “Quer passar por isso de novo?” você vai responder: NÃO OBRIGADA!? Pois é… e se você não tiver escolha e tiver que passar por tudo de novo? Mas ai você vai me falar: “Sempre existe uma escolha.” E se eu te disser que não sei o preço a ser pago pela escolha de não passar por isso de novo, enquanto que sei o preço a pagar se eu optar por passar again pela mesma coisa?

Ponderando então… vantagens e desvantagens….

E primeiro pela parte ruim, ou seja, desvantagens…

Ter que ligar o alerta de novo, ter que estar sempre pronta para o combate, sair de casa armada até os dentes, reviver a mesma história pela segunda vez, as mesmas palavras, as mesmas humilhações, lembrar de tudo que passou de ruim, lembrar dos próprios erros e perceber o quanto você foi idiota e estúpida… desta vez conto com mais apoio em quantidade porém sem conhecer a qualidade enquanto da outra vez possuía menos apoio porém tinha certeza de que eles eram leais…

Vantagens…

Conhecimento do adversário, estou mais forte, mais inteligente, mais calejada, depois que nos separamos acertei no que eles erraram, tenho o meu histórico (depois deles) limpo, claro, inquestionável, tenho testemunhas do que sou na minha essência, sou capaz de suportar mais, agüentar mais, domino melhor as minhas emoções…

Sei que sou capaz de vencer assim como fiz antes porém não gostaria de entrar em outra batalha novamente, a paz é algo que não tem preço…

Porém em tudo existe um propósito e sem querer me precipitar em antecipar o propósito disto porque tudo mal acabou de acontecer realizei dentro de mim a seguinte verdade…

Existe aquele ditado que somente um novo amor para esquecer um velho… pois bem… parafraseando acredito que o inverso também vale… somente um ódio novo para esquecer um ódio antigo… ou melhor… somente um ódio antigo para esquecer um ódio novo…

Tudo que eu detestava e acreditava que fazia da minha vida uma perca de tempo e energia se tornou tão pequeno quando eu vi o passado retornando para a minha vida… porque por mais que a minha situação não estava a melhor do mundo… não se compara ao que eu passei no passado… a situação em que eu estava não era o que eu queria porém eu tinha o controle, agora com esse controle ameaçado tudo que antes eu desprezava se tornou precioso.

E eu sinto a raiva, o ódio, a revolta me dando força para ser melhor do que eu estava sendo. Eu sinto todos os meus sentidos atentos para tudo que está acontecendo ao meu redor, a minha mente trabalhando, articulando procurando maneiras melhores e mais eficazes de conseguir o meu objetivo.

Eu não quero destruir ninguém, eu não quero prejudicar ninguém, não desejo a infelicidade de ninguém… a única coisa pela qual vou lutar com todas as forças é para não ser humilhada e subjugada novamente. Isso está fora de cogitação!

Não me alegro em ver a infelicidade ou a desgraça de ninguém, porém fico muito feliz e radiante em ver a justiça de Deus se tornar realidade na minha vida. Sempre lembro de quando recebi aquela palavra de que eu iria possuir a porta dos meus aborrecedores. A mão do Senhor que guiou até este lugar hoje para que eu pudesse ver a justiça de Deus. Tanto tempo esperei que já tinha até esquecido… a minha felicidade e o meu sucesso é a melhor vingança!

Posted in Vida | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Tudo na vida é treino

Posted by dealalves em agosto 4, 2009

Equilibrando Pratos

Equilibrando Pratos

 

Pode parecer ridículo… porém ontem ao chegar em casa redescobri um dos melhores sentimentos do mundo para uma mulher casada e que trabalha.

O sentimento de casa limpa e arrumada!!!

Como é maravilhoso ver tudo limpinho, brilhando, cada coisa no seu lugar!! Me deu até uma motivação!! Fui para a cozinha, fiz uma comidinha bem gostosa, tomei meu banho bem demorado, conversei com meu maridinho!!

Porque para mim é assim que funciona, quando está tudo arrumado e cai uma sujeirinha eu já vou lá e limpo, para manter a ordem das coisas. Agora… quando já está tudo uma bagunça não ligo mais para nada… e o animo para arregaçar as mangas e começar a faxina… e se eu tiver trabalhado no final de semana (coisa muito comum nos últimos dias) ou se eu fiquei doente… no chance

Esta foi uma diferença crucial para mim em relação ao casamento… como comecei a trabalhar muito cedo (16 anos) nunca me dediquei nem tive interesse nos afazeres domésticos… e ai… quando me vi casada… e com a casa para cuidar… foi o fim…

Nos tempos de vacas gordas eu pagava uma senhora que vinha a minha casa 1 vez por semana e fazia tudo!! Eu só tinha que cozinhar, lavar a louça e passar a roupa, easy

Porém entraram os tempos de vacas magras, magérrimas por sinal!! E eu tive que voltar a realizar os trabalhos domésticos…

É super complicado conciliar o trabalho com os afazeres domésticos… pelo menos para mim… Eu chego bem cansada, não fisicamente, mas minha cabeça parece que vai explodir!! Tudo o que eu quero é comer uma comidinha bem gostosa, tomar um banho, talvez escutar uma musiquinha e dormir cedinho… As vezes dá vontade de fazer aquelas coisas atípicas nehh, como ir ao cinema durante a semana, dar uma volta num shopping, etc.

Mas esses dias de relaxamento, lazer e preguiça depois cobram o seu preço… um monte de roupa para lavar, um monte de louça na pia, o chão imundo…

A verdade é que para tudo na vida tem que se ter equilíbrio e disciplina. A rotina é chata, massante e tals… mas se você cumpri-la e administra-la bem, você terá tempo si mesma e para fazer o que deseja.

Se imagine como um equilibrista de pratos, toda a tensão, a cada segundo um olho em cada prato, a sincronia dos movimentos para não deixar nenhum cair no chão, imagine o tempo que ele deve se dedicar ao treinamento para conseguir fazer aquilo… mas no final do show, a platéia está de pé aplaudindo!!

De agora em diante, tentarei (porque o amanhã a Deus pertence) seguir essa estratégia, um olho em cada prato… o prato do emprego e da carreira, o prato do casamento, o prato dos afazeres domésticos, o prato do cuidar de mim mesma, o prato da família… sei que vou errar, alguns pratos uma vez ou outra vão cair no chão e quebrar… porém como já ouvi uma vez de uma amiga: “Tudo na vida é treino!”

 

Posted in Vida | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Profissionalismo & Sociabilidade X Realidade & Vontade

Posted by dealalves em julho 29, 2009

Quando eu estava no primeiro ano da facul tinha aula de sociologia. Nunca me esqueço de quando a querida prof. Neusa (linda, loura, elegantérrima, super chique, super boa professora e inteligente pacas) nos explicou que o que faz com que o ser humano viva em sociedade são as regras e para se adequar a essas regras a humanidade toda teve que durante anos ir dominando o instinto selvagem que existe dentro de cada um de nós para se adaptar ao “padrão”.

Na época eu achava que “ok!! isso era válido para a época das cavernas nehh!! ou durante a idade média, etc.”

No entanto diante de uma situação que tenho vivido ultimamente pude constatar que isso realmente é a mais pura verdade e que essa dominação e imposição de um “padrão” de comportamento e imagem tem aumentado durante os anos e que hoje a dominação e imposição de padrões tem uma pressão psicológica enorme e massacrante nas nossas vidas.

Aceitamos ser tratados e passar por situações que literalmente esmagam, suprimem, reduzem a nada a nossa essência como pessoa.

Em um ambiente de trabalho por exemplo eu nem consigo me lembrar da última vez que dei uma opinião sincera sobre algo ou que fiz algo que realmente me realizou.

A gente suprime as nossas vontades, o que realmente pensa e aceita como as coisas são conduzidas para não fugir do “padão”, para não ser taxado como não-profissional, infantil e etc.

Hoje a realidade é que parece que somos “escravos” do emprego, do dinheiro, onde fica aquela idéia que “somos donos da nossa própria força de trabalho”??

Quando eu observo pessoas que se destacaram e são referência, não vejo um reflexo do “padrão” que querem que a gente siga, mas sim pessoas que disseram BASTA a tudo isso, seguiram seus instintos, assumiram suas personalidades, vontades e criaram a sua própria realidade.

Talvez seja isso que falte em mim ou em todos nós que não estamos felizes com a situação que estamos vivendo, tomar uma decisão, ter coragem, apostar em si mesmo, correr o risco e criar sua nova realidade.

Cada dia mais acredito na filosofia que DEPENDE DE NÓS, os nosso pensamentos fazem as nossas atitudes e as nossas atitudes dizem quem nós somos. Mude sua mente e você poderá mudar a sua situação também.

Alguém aí se identifica com esse pensamento?? Tem alguma sugestão de por onde começar??

Posted in Vida | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »